25 março 2014

"MÃO DE DEUS' SALVA PESCADORES E PESCADORAS DE SERGIPE DE UM ACIDENTE TRÁGICO EM ALAGOAS. O BLOGUEIRO GIVALDO SILVA ESTAVA NO ÔNIBUS.

PODEM SE CONSIDERAR SALVOS POR UM "MILAGRE". PELO MENOS FOI ASSIM QUE FALARAM OS POLICIAIS FEDERAIS E OS BOMBEIROS DA EQUIPE DE RESGATE DO ÔNIBUS 1433 DA ALIANÇA TUR, COM 44 PESSOAS A BORDO. 

A delegação composta pelo Presidente da Federação dos Pescadores do Estado de Sergipe e Presidente das Colônias de Pescadores de Sergipe, sofreu um acidente automobilístico no último sábado, 22 de março de 2014, na BR - 101, na cidade de Rio Largos no Estado de Alagoas, que resultou na muitas pessoas feridas com nenhuma porte, graças a Mão de Deus.

POLICIAIS RODOVIÁRIOS FEDERAIS, AFIRMA QUE FOI UM MILAGRE O ÔNIBUS NÃO CAIR NO PENHASCO, MUTAS MORTES JÁ ACONTECERAM NO LOCAL.
Os Pescadores e pescadoras estavam retornando do Rio Grande do Norte, num ônibus fretado rumo à cidade de Aracaju - Sergipe, onde participaram do "V GRITO DA PESCA" na cidade do Rio Grande do Norte, entre os passageiros estavam o Presidente da Fepese, José marcos, o Soamarino Givaldo Silva, os Presidentes de diversas colônias de Pescadores e representantes de colônias das pescadores no total de 42 passageiros. .

O acidente teria aconteceu por volta das 3h30min, quando o motorista perdeu a direção e perdeu o controle do veículo, que caiu ficou pendurado numa ribanceira. Graças a Deus não houve vítimas fatais, duas pessoas tiveram ferimentos graves feridas, e atendidas nos hospitais das cidades próximas e outra foi ransferida para um hospital em Salvador - Bahia.

As vítimas em situação mais delicada passaram por cirurgias de emergência no Hospital Regional. Na hora em que o ônibus da Aliança TUR, ficou pendurado na Ribanceira, todos os passageiros escaparam da morte pelas janelas de emergência, o motorista ficou preso nas ferragens e foi retirado pelos passageiros.

"Todos estavam em pânico dentro do ÔNIBUS", revelou o passageiro Givaldo Silva. "todos andavam de um lado a outro em pânico, e ouvia uma voz dizer 'Não se preocupem, ninguém vai morrer'. Muita gente estava chorando", afirmou Givaldo Silva, que viajava com a delegação de pescadores e pescadoras, fazendo parte da assessoria da FEPESE.

Veja imagens do acidente. 





24 março 2014

PRB anuncia apoio a PMDB no Rio Grande do Norte

Marcos Pereira garante apoio a Henrique Eduardo Alves na disputa pelo governo do estado


Rio Grande do Norte (RN) - O presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, garantiu apoio ao atual presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB), numa eventual disputa ao governo do Rio Grande do Norte. O anúncio foi feito nesta ultima sexta (21), em Natal, durante encontro estadual do partido, que lotou o auditório do Praia Mar Hotel e contou com a presença de várias autoridades, entre elas o ministro da Pesca e Aquicultura, Eduardo Lopes.

Pereira acompanhou a decisão de Abraão Lincoln, presidente do PRB potiguar, de caminhar com o PMDB no estado. “Abraão tem toda a autonomia para decidir o melhor para o Rio Grande do Norte e para o PRB. E saiba, Abraão, que farei o possível para que essa aliança com o PMDB resulte vitoriosa e sua eleição para deputado federal também. Conte comigo”, discursou o líder nacional do PRB.

Para Lincoln, que é também presidente da Confederação Nacional de Pescadores e Aquicultores (CNPA), a melhor decisão será apoiar Alves. “O PRBtem um planejamento para crescer em representação, colaborar com projetos e muito trabalho. E quero anunciar que estaremos unidos com o PMDB e com o deputado Henrique Eduardo Alves lutando por um Rio Grande do Norte mais próspero”, declarou.

PRB foi o primeiro partido a manifestar apoio a Alves publicamente. O atual presidente da Câmara, que participou do evento, disse estar “pronto para a missão” e que gostaria “de ver sua cadeira em Brasília ocupada por Lincoln”, pré-candidato a deputado federal. “Se assim o povo desejar, se assim vocês entenderem, esta é a hora”, disse. O PRB espera eleger no mínimo 20 deputados federais.

Participaram do evento os deputados federais George Hilton (líder da bancada – MG) e Márcio Marinho (BA), o deputado distrital Evandro Garla (DF), o deputado e presidente estadual do Solidariedade, Kelps Lima, o vereador  de Natal Júnior Grafith (PRB), o vice-presidente estadual do PRB potiguar, Valdir Trindade, além de outras autoridades estaduais e municipais.


 




Diego Polachini – PRB SP – com informações da imprensa local

www.prb10.org.br


Henrique Alves assume candidatura: Aceito o desafio de ser candidato a governador do RN

Antes do anúncio de Henrique, o PRB informou que faria aliança com o PMDB nas eleições estaduais em 2014. A manifestação foi comunicada pelo presidente estadual do PRB, Abraão, reforçada pelo presidente nacional, Marcos Pereira, pelo atual ministro da Pesca, Eduardo Lopes

Em evento do PRB, Henrique admite, pela primeira vez, ser candidato
Em evento do PRB, Henrique admite, pela primeira vez, ser candidato

“Estou pronto para aceitar o desafio de ser candidato a governador”. A frase é do presidente estadual do PMDB/RN e presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, pronunciada no Encontro Estadual do PRB, nesta sexta-feira(21/03), no Praia Mar Hotel, em Natal. Declarando-se emocionado por receber o apoio do PRB, o primeiro partido a oficializar apoio ao PMDB na eleição deste ano, Henrique disse estar “pronto para a missão”. “Se assim o povo desejar, se assim vocês entenderem, esta é a hora. E se eu chegar a ser governador espero que minha cadeira seja ocupada por você, Abraão Lincoln, em Brasília”, declarou Henrique, retribuindo o apoio manifestado pelo presidente do PRB, Abraão Lincoln.

Antes do anúncio de Henrique, o PRB informou que faria aliança com o PMDB nas eleições estaduais em 2014. A manifestação foi comunicada pelo presidente estadual do PRB, Abraão, reforçada pelo presidente nacional, Marcos Pereira, pelo atual ministro da Pesca, Eduardo Lopes, e aprovada à unanimidade pelos presentes. “O PRB tem um planejamento para crescer em representação, colaborar com projetos e muito trabalho. E quero anunciar que estaremos unidos com o PMDB e com o deputado Henrique Eduardo Alves lutando por um Rio Grande do Norte mais próspero”, declarou Abraão.

Lideranças políticas de dezenas de municípios do Estado, parlamentares do PRB no Brasil e presidentes do PRB de vários Estados compareceram ao evento. O presidente do PRB, Marcos Pereira, também destacou as afinidades da legenda com o PMDB e declarou que a direção nacional não apenas respeita a decisão do presidente do Rio Grande do Norte, mas “concorda, apoia e incentiva”. “Ao assumir o PRB no RN Abraão já me contava da sua lealdade a Garibaldi e Henrique. Isso já era esperado. Abraão tem toda a autonomia para decidir o melhor para o RN e para o PRB. E saiba, Abraão, que o que eu puder fazer para que essa aliança com o PMDB resulte vitoriosa e sua eleição para deputado federal também, você saiba que conta comigo”, declarou Marcos Pereira.

Pereira garante apoio a Henrique Alves na disputa pelo governo do RN

www.marcospereira.com
Pereira declara apoio a Alves no RN:

Pereira declara apoio a Alves no Rio Grande do Norte: aliança vitoriosa

O presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, garantiu apoio ao atual presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB), numa eventual disputa ao governo do Rio Grande do Norte. O anúncio foi feito ontem (26), em Natal, durante encontro estadual do partido, que lotou o auditório do Praia Mar Hotel e contou com a presença de várias autoridades, entre elas o ministro da Pesca e Aquicultura, Eduardo Lopes.

Pereira acompanhou a decisão de Abraão Lincoln, presidente do PRB potiguar, de caminhar com o PMDB no estado. “Abraão tem toda a autonomia para decidir o melhor para o Rio Grande do Norte e para o PRB. E saiba, Abraão, que farei o possível para que essa aliança com o PMDB resulte vitoriosa e sua eleição para deputado federal também. Conte comigo”, discursou o líder nacional doPRB.

Marcos Pereira PRB - interna - 350Para Lincoln, que é também presidente da Confederação Nacional de Pescadores e Aquicultores (CNPA), a melhor decisão será apoiar Alves. “O PRBtem um planejamento para crescer em representação, colaborar com projetos e muito trabalho. E quero anunciar que estaremos unidos com o PMDB e com o deputado Henrique Eduardo Alves lutando por um Rio Grande do Norte mais próspero”, declarou.

PRB foi o primeiro partido a manifestar apoio a Alves publicamente. O atual presidente da Câmara, que participou do evento, disse estar “pronto para a missão” e que gostaria “de ver sua cadeira em Brasília ocupada por Lincoln”, pré-candidato a deputado federal. “Se assim o povo desejar, se assim vocês entenderem, esta é a hora”, disse. O PRB espera eleger no mínimo 20 deputados federais.

Participaram do evento os deputados federais George Hilton (líder da bancada – MG) e Márcio Marinho (BA), o deputado distrital Evandro Garla (DF), o deputado e presidente estadual do Solidariedade, Kelps Lima, o vereador  de Natal Júnior Grafith (PRB), o vice-presidente estadual do PRB potiguar, Valdir Trindade, além de outras autoridades estaduais e municipais.

Agenda pelo interior

O presidente Marcos Pereira cumpre neste sábado mais uma agenda no interior do Rio Grande do Norte. Ao lado do ministro da Pesca, Eduardo Lopes, ele participa do 5º Grito da Pesca e Aquicultura, na Barra do Cunhaú, em Canguaretama. Este é o maior evento nacional do segmento e é realizado pela CNPA, presidida por Abraão Lincoln. Os parlamentares do partido também acompanham Pereira e Lopes.

Diego Polachini – PRB SP – com informações da imprensa local

Fotos: Cedidas


23 março 2014

Campeão em corrupção

O Brasil é um País corrupto. Segundo o Índice de Percepção de Corrupção (IPC), divulgado no final de 2013 pela Transparência Internacional, nosso país está na 72ª posição entre 177 nações avaliadas. Em comparação com o ano anterior, perdemos três posições. Em vez de melhorar, a situação só piorou. O desafio é grande, mas é isso que temos que mudar.

Sabemos que a corrupção é endêmica no Brasil, ou seja, ela é constante e está em todos os lugares. Desde o “gato” na TV a cabo do vizinho ao suborno de um policial para não ser multado por uma infração de trânsito, passando pela compra de produtos falsificados ou uma simples furada de fila, a maior parte dos brasileiros comete algum ato corrupto todos os dias. É o que chamamos de “jeitinho”.

Na política a situação se repete. Não é necessariamente o poder que corrompe as pessoas. São pessoas já corrompidas na própria essência que alcançam o poder por meio do seu voto. É tênue a linha que separa o político corrupto do cidadão comum adepto do “jeitinho”. Portanto, todos somos responsáveis pelos “pecados” diários cometidos contra o bem comum.

Apesar do cenário catastrófico, há gente de bem trabalhando para mudar o Brasil. Em cada canto desse país existem brasileiras e brasileiros cansados de tanta esculhambação. Precisamos reagir e colocar nossa sociedade em ordem rumo ao progresso.

Você e eu temos a missão de mudar nosso país. Cada cidadão de bem representa um tijolo na construção desta nação. A única forma de mudarmos essa triste realidade é começando por nós mesmos. O Brasil não é formado apenas por estados e cidades, com prédios e edificações. Ele é formado por pessoas com sonhos e esperanças.

Seja na educação de um filho, seja no auxílio ao necessitado, no respeito à natureza, no trato com a coisa pública, enfim, a toda hora e em todo lugar temos que trabalhar para fazer o que é certo. Sem dúvida alguma, compete aos homens públicos o exemplo e a liderança dessa jornada. Por isso, estamos fazendo nossa parte. Você também pode e deve participar da construção do novo Brasil.

Marcos Pereira - Presidente Nacional do PRB10

http://www.universal.org


22 março 2014

Ministro vai vistoriar novo aeroporto

O ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco, estará no Rio Grande do Norte na próxima segunda-feira (24) para vistoriar as obras do Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, que tem data de inauguração prevista para 15 de abril. De acordo com a secretaria, a vistoria faz parte de uma série de inspeções aos aeroportos da Copa, iniciada no começo deste ano. O secretário-executivo da SAC, Guilherme Ramalho, o presidente da Infraero, Gustavo do Vale, o presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Guaranys e representantes da Casa Civil, do Ministério do Planejamento e do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) também participam da vistoria. 
Alex FernandesAté o dia 14 de março deste ano, o novo aeroporto, que vai substituir o Augusto Severo, no RN, estava com 89% das obras concluídas
Até o dia 14 de março deste ano, o novo aeroporto, que vai substituir o Augusto Severo, no RN, estava com 89% das obras concluídas

Até o dia 14 de março deste ano,  o novo aeroporto, que vai substituir o Augusto Severo, no Rio Grande do Norte, estava com 89% das obras concluídas. De acordo com o consórcio Inframérica, que está construindo e vai administrar o empreendimento, as equipes que trabalham no local estão na fase de “acabamentos finos e instalações finais”. “O aeroporto entrará em operação em 15 de abril deste ano”, garantiu, em nota encaminhada no dia 14, à TRIBUNA DO NORTE.

Para garantir o início das atividades dentro do prazo, as obras estão sendo homologadas por etapa, segundo informações da Anac. De acordo com a Agência, só após a conclusão dos trabalhos da concessionária será possível, porém,  trabalhar com a data exata de abertura do aeroporto às operações. “Quando os trabalhos da concessionária se encerrarem, a Anac realizará a homologação final do aeroporto, para que possamos trabalhar com a data exata”, afirma. “Ressaltamos que a homologação dependerá da análise e aprovação de diversos aspectos de infraestrutura aeroportuária e de segurança operacional pelas áreas técnicas da Agência”, acrescenta.

Pelo contrato de concessão, o consórcio Inframérica tem até janeiro de 2015 para entregar o aeroporto operacionalizado. A decisão de antecipar o cronograma e abrir a estrutura ao público em abril deste ano – antes da Copa do Mundo, que ocorre entre junho e julho e terá Natal como uma das sedes - partiu do consórcio, segundo a Anac.

Obras
Atualmente, estão sendo instalados, por exemplo, carpetes, forros, revestimentos, iluminação e mobiliário. Foi iniciada a parte de paisagismo e obras internas de lojas. O estacionamento, segundo o consórcio, está na parte final de asfaltamento e em seguida virão a pintura e sinalização das faixas que demarcam as vagas e o fluxo do estacionamento.

Todos os equipamentos e sistemas de navegação aérea e controle de voo estão implantados e em testes. As escadas rolantes já foram instaladas e testadas. Já elevadores, sistema de bagagem e de raio-x estão em instalação, assim como os sistemas de ar-condicionado e combate a incêndio. 

SAIBA MAIS
O Aeroporto Governador Aluízio Alves começou a ser concebido nos anos 90, mas devido a indisponibilidade de recursos públicos para a obra, foi concedido à inciativa privada em 2011 - foi o primeiro do Brasil a passar pelo processo de concessão. A concessionária escolhida para construir e administrar o empreendimento durante 28 anos foi o consórcio Inframérica, que conquistou o direito em leilão, com um lance R$ 170 milhões, 228,82% acima do valor mínimo estipulado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O aeroporto atual do Rio Grande do Norte, o Augusto Severo, em Parnamirim, vai deixar de operar voos comerciais e deve ser entregue à Força Aérea Brasileira em data ainda indefinida, após a Copa. No que diz respeito às obras de acesso ao novo aeroporto, a construção foi licitada em 2010 e deveria ter começado em outubro de 2011, com previsão de conclusão em 15 meses. A obra, no entanto, só foi iniciada em 2013 e, segundo o governo do estado, será entregue até o dia 15 de abril. Um dos problemas que o projeto dos acessos enfrentou foi a desistência da Queiroz Galvão, ganhadora da licitação. A EIT Engenharia, segunda colocada, acabou sendo chamada para assumir o serviço. 

Nova pesquisa Ibope mostra que Dilma venceria no 1º turno

Na primeira pesquisa Ibope de 2014, a presidente aparece com 43% das intenções de voto, contra 15% de Aécio Neves e 7% de Eduardo Campos. A petista manteve o mesmo percentual que tinha em novembro de 2014

Dilma Rousseff © Jefferson Bernardes 03OCT10

Se as eleições fossem hoje, Dilma Rousseff (PT) seria reeleita à Presidência da República, de acordo com a primeira pesquisa Ibope do ano, divulgada ontem. A presidente manteve o mesmo percentual de intenções de voto que tinha em novembro do ano passado: 43%.

Aécio Neves, pré-candidato do PSDB à Presidência, está com 15% das intenções de voto enquanto Eduardo Campos, do PSB, está com 7%. Como o eleitorado de Dilma é maior que a soma dos eleitores dos adversários, a petista venceria no primeiro turno.

Se a disputa fosse entre Dilma, Aécio e Marina, os candidatos receberiam 41%, 14% e 12% dos votos, respectivamente.

Em um eventual segundo turno, Dilma seria vitoriosa contra os três principais adversários – Aécio, Campos e Marina Silva, provável vice da chapa do PSB. A vantagem da presidente é de 27 pontos contra o candidato tucano (47% a 20%), 31 pontos contra Eduardo Campos (47% a 16%) e 24 pontos contra Marina (45% a 21%).

A pesquisa ouviu 2.002 eleitores em 140 municípios entre os dias 13 e 17 de março. A margem de erro da é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A estabilidade da popularidade de Dilma também foi atestada na última pesquisa Datafolha. A aprovação de seu governo continuava, em fevereiro, com os mesmos 41% de novembro. O levantamento do Datafolha também constatou que a presidente seria reeleita no primeiro turno, tanto no cenário em que disputa contra Aécio e Campos quanto no cenário em que disputa contra o tucano e Marina.

Apesar do favoritismo de Dilma, a maioria (64%) do eleitorado afirma esperar que o próximo presidente “mude totalmente” ou “muita coisa” na próxima gestão. Apenas 32% esperam continuidade “total” ou de “muita coisa”.

O Ibope questionou somente aos entrevistados que desejam mudanças se estas devem ser promovidas com Dilma ou com outra pessoa no comando do País. Nesse caso, Dilma tem apoio de apenas 27%. Outros 63% afirmam que querem mudar o País com outro governante.

Quando todo o universo de entrevistados é consultado, o resultado muda. Diante da pergunta “quem tem mais condições de promover as mudanças de que o País ainda necessita?”, Dilma aparece com 41%, com larga vantagem sobre Aécio (14%) e Campos (6%).


Enfim, aulas: greve na rede estadual termina e ano letivo tem início nesta 2ª feira

Sinte/RN promete batalha judicial contra governo caso pontos cortados não sejam pagos

Assembleia-dos-professores-WR

A partir de segunda-feira (24) os professores da rede pública estadual de ensino voltarão às salas de aula. Após paralisação da categoria que se estendeu por mais de 50 dias, finalmente milhares de alunos das escolas estaduais darão início ao ano letivo de 2014. A decisão dos professores foi tomada em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (21) pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte (Sinte-RN). Apesar do fim da greve, categoria alerta que continuará em luta contra o Estado por meio judiciais.

O motivo do fim da paralisação, segundo o sindicato, foi a aprovação de projetos pela Assembleia Legislativa que garantem o cumprimento dos direitos da categoria, como o redimensionamento do porte das escolas, gratificação dos diretores e vice-diretores de Diretorias Regionais de Educação (Direds), promoção de Letra, mudança no Plano de Cargos e Salários e reajuste salarial de 8.32%.

Entretanto, ainda há situações a serem resolvidas entre o Governo do Estado e os professores. Até o momento o Estado não obedeceu à decisão judicial de pagar os dias de greve que foram descontados no salários de alguns professores. Há profissionais que tiveram 15 dias descontados na folha de pagamento, como é o caso de Guilhermina Bonfim, que ministra disciplinas de português, inglês e sociologia na rede. A princípio, o corte dos pontos não deveria ser feito porque não foi declaro ilegalidade da greve.

“Foi descontado R$ 1.400,00 do meu salário pelos 15 dias em que fiquei parada. Voltei a dar aula por motivos que prefiro não comentar, mas a verdade é que eu deveria ter resistido até hoje, junto à maioria dos professores. Ter esse desconto em um salário como o nosso é cruel demais. O Governo está tripudiando de nós”, disse.

Para Guilhermina, a greve ainda poderia continuar até que haja a reposição dos salários cortados. “A Secretaria de Educação chegou a nos orientar para voltar às aulas e, na medida em que nossos pontos fossem registrados, eles pagariam o que havia sido descontado. Mas como podemos confiar nisso? Se a gente voltar e os pagamentos não forem feitos? Será que eu serei a escrava Isaura do Século XXI?”, questionou.

A assessoria jurídica do Sinte-RN destacou que o prazo dado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte para o pagamento dos pontos cortados se encerra nesta sexta-feira (21). Caso não haja registro do cumprimento da ordem, segunda-feira (24) o sindicato entrará com uma nova ação. “Soubemos ontem que a Procuradoria Geral do Estado entrou com um recurso recorrendo a decisão do desembargador Expedito Ferreira, que concedeu a liminar proibindo o corte dos salários e o pagamento imediato dos dias descontados. Recorrer é um direito do Governo, mas antes disso é preciso cumprir com o que determina a Justiça”, explicou Carlos Gondin, advogado do Sinte.

Para a coordenadora-geral do Sinte-RN, Fátima Cardoso, a secretária de Educação do Estado, Betânia Ramalho, “teve a intenção de fazer com que a categoria criasse um processo de irritação e fosse radicalizar o movimento”. “Esse não é o objetivo da nossa luta. Encerramos a greve e agora vamos travar uma batalha judicial. Esperamos vencer essa batalha e que o Governo possa enfim analisar o tamanho da irresponsabilidade que teve, provocando uma categoria forte como a nossa”, afirmou.

De acordo com o sindicato, apesar de algumas escolas da rede não terem aderido totalmente à paralisação, 90% dos professores vinculados ao Estado se manteram em greve até hoje. “A categoria entendeu a importância dessa paralisação e não se deixou levar pelas denúncias e perseguições da Secretaria de Educação. Agora que temos o cumprimento de nossa pauta garantida, chegou a hora de encerrar a greve”, disse Fátima Cardoso.

O Jornal de Hoje tentou contato com a Secretaria de Educação, mas não obteve retorno. Em reportagem publicada na última quarta-feira (19), Betânia Ramalho disse que a Procuradoria Geral do Estado está recorrendo sobre a decisão do Tribunal de Justiça do RN, de modo a tentar garantir que a reposição das aulas perdidas seja devidamente realizada.

“Na ação encaminhada pelo Sinte ao TJRN, na qual o sindicato contestava o corte dos pontos, não havia falando sobre a categoria repor as aulas. Nós não iremos pagar pelos dias de greve sem a garantia que eles irão repor os dias perdidos e os conteúdos não ministrados”, destacou Betânia Ramalho à reportagem.

200 dias letivos

Os sistemas de ensino das cidades que irão sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014 deverão suspender atividades letivas durante o período da competição, atendendo a determinação da Lei Geral da Copa, desde que cumpram o período mínimo de atividades letivas estabelecido pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), que é de 800 horas anuais distribuídas em no mínimo 200 dias de trabalho escolar.

Com uma greve que durou quase dois meses, diversas escolas da rede pública estadual do RN só começarão a cumprir o calendário letivo agora. A dúvida que fica é se as unidades terão condições de cumprir com o que determina a LDB.

Henrique Alves assume candidatura: Aceito o desafio de ser candidato a governador do RN

Antes do anúncio de Henrique, o PRB informou que faria aliança com o PMDB nas eleições estaduais em 2014. A manifestação foi comunicada pelo presidente estadual do PRB, Abraão, reforçada pelo presidente nacional, Marcos Pereira, pelo atual ministro da Pesca, Eduardo Lopes

Em evento do PRB, Henrique admite, pela primeira vez, ser candidato
Em evento do PRB, Henrique admite, pela primeira vez, ser candidato

“Estou pronto para aceitar o desafio de ser candidato a governador”. A frase é do presidente estadual do PMDB/RN e presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, pronunciada no Encontro Estadual do PRB, nesta sexta-feira, no Praia Mar Hotel, em Natal. Declarando-se emocionado por receber o apoio do PRB, o primeiro partido a oficializar apoio ao PMDB na eleição deste ano, Henrique disse estar “pronto para a missão”. “Se assim o povo desejar, se assim vocês entenderem, esta é a hora. E se eu chegar a ser governador espero que minha cadeira seja ocupada por você, Abraão Lincoln, em Brasília”, declarou Henrique, retribuindo o apoio manifestado pelo presidente do PRB, Abraão Lincoln.

Antes do anúncio de Henrique, o PRB informou que faria aliança com o PMDB nas eleições estaduais em 2014. A manifestação foi comunicada pelo presidente estadual do PRB, Abraão, reforçada pelo presidente nacional, Marcos Pereira, pelo atual ministro da Pesca, Eduardo Lopes, e aprovada à unanimidade pelos presentes. “O PRB tem um planejamento para crescer em representação, colaborar com projetos e muito trabalho. E quero anunciar que estaremos unidos com o PMDB e com o deputado Henrique Eduardo Alves lutando por um Rio Grande do Norte mais próspero”, declarou Abraão.

Lideranças políticas de dezenas de municípios do Estado, parlamentares do PRB no Brasil e presidentes do PRB de vários Estados compareceram ao evento. O presidente do PRB, Marcos Pereira, também destacou as afinidades da legenda com o PMDB e declarou que a direção nacional não apenas respeita a decisão do presidente do Rio Grande do Norte, mas “concorda, apoia e incentiva”. “Ao assumir o PRB no RN Abraão já me contava da sua lealdade a Garibaldi e Henrique. Isso já era esperado. Abraão tem toda a autonomia para decidir o melhor para o RN e para o PRB. E saiba, Abraão, que o que eu puder fazer para que essa aliança com o PMDB resulte vitoriosa e sua eleição para deputado federal também, você saiba que conta comigo”, declarou Marcos Pereira.

18 março 2014

Dilma empossa Eduardo Lopes no Ministério da Pesca

Durante o evento, presidente agradeceu ao brilhante trabalho de Marcelo Crivella frente à Pasta


Brasília (DF) - A presidente Dilma Rousseff empossou, na manhã desta segunda-feira, 17, seis novos ministros em concorrida cerimônia no Palácio do Planalto. Entre eles, o republicano Eduardo Lopes (PRB/RJ), que assumiu o Ministério da Pesca e Aquicultura, em substituição a Marcelo Crivella, que vai concorrer ao governo do Estado do Rio de Janeiro nas eleições em outubro.

“Cerimônias como essas são inerentes a todos os regimes democráticos seja qual for o governo", disse a presidente ao iniciar o seu discurso. "Em respeito à legislação eleitoral, ministros precisam deixar suas funções, quando assim o decidem, e submeter-se ao julgamento das urnas. Outros saem para enfrentar outras tarefas e funções. Desejo sorte e sabedoria em seus nobres desafios.Superamos dificuldades juntos e também alcançamos vitórias".

Dilma fez um balanço geral das principais medidas realizadas em cada pasta. Para a presidente, a gestão de Marcelo Crivella fez história. “O ministro colocou, nesse Plano Safra da Pesca e Aquicultura, o qual coordenou, mais recursos e mais investimentos, e instrumentos bem mais adequados de apoio ao produtor, o que começa a valorizar o extraordinário potencial de produção pesqueira no Brasil”, e completou: “Devemos felicitar o ministro pela expansão da produção pesqueira e pelo fato de transformar a pesca em uma atividade, que de fato, se tornará, e ficará à altura, da nossa capacidade de produção”, disse a presidente, se dirigindo aCrivella, que acompanhava a cerimônia ao lado dos demais ministros que também estavam deixando suas pastas.

A presidente Dilma encerrou seu discurso dizendo: “Àqueles que saem, muito sucesso. Àqueles que chegam, muito trabalho”.

Em sua primeira entrevista como o novo ministro da Pesca e Aquicultura, Eduardo Lopes considera ser este um momento único em sua vida e vai se dedicar para atender às recomendações da presidente Dilma. “A orientação da presidente é dar continuidade ao trabalho do ministro Crivella”, comentou.

Entre os seus objetivos, Lopes adianta que é aumentar ainda mais a produção de pescado no Brasil, uma das marcas da gestão Crivella, que atingiu a marca histórica de 2,5 milhões de toneladas. “Se mantermos a mesma média, e vamos trabalhar para isso, chegaremos ao final do ano com 4 milhões de toneladas”, previu.

O senador Marcelo Crivella disse que deixa o ministério com o sentimento do dever cumprido. “O peixe hoje faz parte da cesta básica brasileira, tanto é que o consumo passou de 9kg para 14kg per capita. Deixo a pasta muito feliz, com a certeza de que o Brasil tem um potencial enorme e nós não perdemos tempo. Caminhamos a passos largos e lutamos muito para que tudo isso acontecesse. Agora é hora de manter o trabalho e fazer com que o Brasil ocupe o lugar de destino, que é ser um dos maiores produtores de pescado do mundo”, afirmou Crivella.
 
Os outros cinco ministros também empossados foram da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Neri Geller; do Ministério do Turismo (MTur), Vinicius Nobre Lages; do Desenvolvimento Agrário (MDA), Miguel Rossetto; das Cidades, Gilberto Occhi; e da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Clelio Campolina Diniz.
 
Entre os republicanos, estavam o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira; o líder do PRB na Câmara dos Deputados, deputado George Hilton; o secretário Executivo da Pesca, Átila Maia; o presidente da Fundação Republicana Brasileira (FRB), Mauro Silva; os deputados federais Márcio Marinho (BA), Cleber Verde (MA) e Vitor Paulo (RJ); os presidentes regionais Aroldo Martins (MT) e Wanderley Tavares (DF); o secretário nacional do PRB, deputado distrital Evandro Garla; o secretário de Esportes do Distrito Federal, Julio Cesar; o secretário do Idoso do DF, Ricardo Quirino; o secretário do Conselho de Governo do DF, Roberto Wagner Monteiro; o secretário de Planejamento e Ordenamento da Pesca, Flávio Bezerra da Silva.

A cerimônia de transmissão de cargo ocorrerá no Ministério da Pesca, hoje, às 16h, quando o senador Marcelo Crivella se despede da pasta e dá as boas-vindas ao novo ministro Eduardo Lopes.

 

Por Helen Assumpção – Comunicação Nacional do PRB

Fotos: Douglas Gomes


15 março 2014

Dilma se irrita e critica manifestantes durante evento: ‘nunca ralaram’

A presidente Dilma Rousseff se irritou nesta sexta-feira, 14, com um protesto em evento do Minha Casa Minha Vida, em Tocantins, e disse que os manifestantes “nasceram em berço esplêndido” e “nunca ralaram”. O evento contava com um grupo de simpatizantes da presidente, que estava na parte da frente do palanque, e um ruidoso grupo de pessoas com cartazes contra a Copa do Mundo e reivindicando moradias.


Durante o discurso da presidente, os manifestantes misturavam vaias, apitos e ainda cantavam o hino nacional. Dilma acabou se irritando com o protesto e fez uma exaltada defesa de sua política social, em especial, o Minha Casa Minha Vida, programa que entregou nesta sexta 1.788 casas para famílias carentes de Araguaína (TO). “Aqueles que não dão importância para as pessoas que não têm casa própria é porque nasceram em berço esplêndido e aqueles que não valorizam o cartão do Minha Casa Melhor é porque nunca ralaram de sol a sol para comprar uma geladeira, um fogão e uma cama”, disse Dilma, sob aplausos de políticos do Estado e parte dos moradores e sob vaias dos manifestantes.

A presidente fez um discurso em tom político, repetindo um velho bordão do governo Lula de que, no passado, as pessoas não podiam ter uma casa. Dilma ainda lembrou que o ex-presidente Lula levou um Campus da Universidade Federal de Tocantins para Araguaína.

Antes da presidente falar, o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, deu o tom da campanha do governo para promover a presidente. “Vossa Excelência faz história porque a senhora se preocupou com as pessoas que mais precisam e foi a presidente que mais fez casa e saneamento”, disse o ministro, ignorando a prática habitual de lembrar o ex-presidente Lula.

Dilma, durante o evento, não respondeu ao governador do Tocantins, Siqueira Campos, que em seu discurso reclamou do elevado preço da energia no Estado e da falta de investimentos em usinas hidrelétricas e termelétricas.

O evento ocorreu debaixo de uma tenda e, por pouco, não foi cancelado em razão da intensa chuva que caiu à tarde no norte do Tocantins.

Fonte: Estadão

PDT retoma os diálogos

As convenções partidárias para oficialização dos nomes de candidatos às eleições majoritárias e proporcionais deste ano ocorrerão entre 1º e 30 de junho. Como presidente estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT), o prefeito Carlos Eduardo já havia dito que só em maio anunciaria quais candidatos ele apoiaria para o governo do Estado e Senado. Ontem, no entanto, o prefeito se reuniu pela primeira vez com a direção de dois partidos que fazem oposição à governadora Rosalba Ciarlini (DEM) - PSD e PT -, que nutrem a expectativa de contar com o apoio do prefeito do município com o maior número de eleitores do Estado

Representantes do PDT, PSD e PT retomam as conversasRepresentantes do PDT, PSD e PT retomam as conversas

“Nós estamos vivendo processo de alianças e é natural que os partidos de oposição ao governo estadual, com essa identidade, tenham as condições de conversar, foi isso que nós fizemos aqui, depois vamos dialogar com o PMDB, PSB e PC do B e outras legendas importantes no plano estadual”, disse o prefeito de Natal.  Carlos Eduardo acrescentou que o PDT entende “que essa é uma etapa do processo e não tem nenhum acordo definitivo”, a ponto de, até agora não, não ter nenhuma reivindicação na chapa majoritária: “O PDT vai ter candidatos no pleito proporcional,  federal e estadual, destacando  o nome de Sávio Hacradkt para deputado federal, bem como José Rangel e o deputado Agnelo Alves para estadual”. A respeito de comentários de que Agnelo Alves seria candidato a vice-governador, ele disse o seguinte: “Também vi isso no jornal, é especulação”.

O vice-governador Robinson Faria disse que no começo de abril os três partidos voltam a conversar sobre alianças políticas para o pleito de 2014. “Esses três partidos tem um simbolismo do novo, que representa hoje a política estadual, têm essa identidade do novo que a população está querendo pra quebrar o paradigma das velhas práticas políticas”.

Para o vice-governador, Carlos Eduardo, como prefeito de Natal, “tem direito de  ouvir os outros partidos, nós respeitamos, faz parte do exercício democrático, mas estamos bastante otimista em ter na mesma aliança a presença do PDT, que não reivindicou cargo na chapa majoritária. “Mas isso poderá ser oferecido”, concluiu Farias.

Já a deputada federal Fátima Bezerra disse que a reunião primeira reunião conjunta do PSD/PT com o PDT “foi muita proveitosa”, devido a afinidade política e programática com o PDT: “Vamos continuar conversando, porque temos um ponto em comum que é o apoio à reeleição da presidente Dilma Roussef, e dentro do PDT há várias correntes e lideranças se colocando, claramente, na defesa da nossa candidatura ao Senado, como o prefeito de Parnamirim, Mauricio Marques”. A conversa política entre os três partidos começou às 19 horas e terminou às 20:45, na sede do PDT, no Tirol, e ainda contou com a participação do presidente estadual do PT, Eraldo Paiva; o deputado federal Fábio Faria (PSD) e o deputado estadual Fernando Mineiro.

Malásia confirma desvio de rota proposital do Boeing 777

Kuala Lumpur - O avião da Malaysia Airlines desaparecido há mais de uma semana teve sua comunicação deliberadamente cortada e o último sinal foi dado cerca de sete horas e meia depois da decolagem, disse o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, neste sábado. O tempo de voo até que a comunicação fosse desabilitada indica que o avião pode ter ido até o Casaquistão ou ainda até a região sul do Oceano Índico. Com isso, foram encerradas as buscas no sul do Mar da China, onde se concentraram os primeiros esforços
Avião da Malaysia Airlines desapareceu há uma semana
Avião da Malaysia Airlines desapareceu há uma semana

A declaração do primeiro-ministro confirma as especulações de que o desaparecimento do Boing 777 da companhia aérea da Malásia não foi acidental e mantém o foco das investigações nos tripulantes e passageiros do voo. “Claramente a busca pelo voo MH370 entrou em uma nova fase”, disse Najib numa coletiva de imprensa transmitida pela televisão. 

Najib ressaltou que os investigadores estão considerando todas as possibilidades quanto ao motivo pelo qual o avião foi desviado tão dramaticamente de seu curso, dizendo que autoridades não poderiam confirmar se houve sequestro. Mais cedo, um oficial do governo da Malásia falou em sequestro, embora tenha dito que não estava definido nenhum motivo e que nenhuma demanda havia sido conhecida. 

No sábado, a polícia entrou no complexo onde reside o piloto do avião em Kuala Lumpur. Autoridades disseram que irão investigar pilotos como parte do processo mas não divulgaram nenhuma informação sobre o progresso. 

Especialistas disseram que a pessoa que desativou a comunicação do avião e depois voou deve ser alguém com alto nível de conhecimento técnico e experiência de voo. Uma possibilidade levantada foi a de que um dos pilotos queria cometer suicídio. 

O avião carregava 239 pessoas quando partiu num voo noturno de Kuala Lumpur para Pequim às 00h40 no dia 8 de março. A comunicação com controladores de voo civis foi cortada por volta de 01h20. 

Investigadores têm no momento alguma certeza de que um dos sistemas de comunicação do avião foi desabilitado antes de a aeronave chegar à costa leste da Malásia, segundo disse o primeiro-ministro. Depois disso, alguém a bordo desligou o transponder, que envia sinais para o controle de tráfego aéreo civil. 

Najib confirmou ainda que os radares da força aérea da Malásia continuaram recebendo sinais do avião, que virou para leste, cruzando a região peninsular e indo em direção a trechos do norte do estreito de Malaca. Autoridades anteriormente disseram que as informações desse radar não poderiam ser verificadas, 

O primeiro-ministro disse ainda que o último sinal confirmado entre a aeronave e o satélite chegou as 8h11, sete horas e meia depois da decolagem. Isso é mais de cinco horas depois do tempo anterior dado pelas autoridades da Malásia como o do último contato. 

Segundo Najib, essa última comunicação indica que a aeronave pode ter tomado dois “corredores” possíveis. Um deles pelo norte seguindo até o Casaquistão e Turcomenistão, e outro pela Indonésia até o sul do Oceano Índico. Ele declarou que as buscas ao sul do Mar da China, onde o primeiro contato se perdeu, foi encerrada.

Fonte: Associated Press.

O cliente tem sempre razão

185146780 O cliente tem sempre razão

“Você pode ter o carro da cor que quiser, desde que seja preto.”A célebre frase de Henry Ford, fundador da marca automobilística Ford, no início do século, retrata bem a evolução da indústria no quesito atendimento ao consumidor. Hoje a palavra de ordem é customização, ou seja, o consumidor pode personalizar seu automóvel com as cores, o estilo, os acessórios de sua preferência. Tudo exatamente ao seu gosto. E não apenas automóveis. A alta competitividade do mercado exige que os fornecedores ofereçam os melhores produtos e serviços para seus clientes. Já não basta oferecer aquele quê a mais. É preciso oferecer um alfabeto inteiro de vantagens para sair na frente do concorrente. O consumidor ganha, claro, pois tem maior poder de barganha.

Entretanto, alguns prestadores de serviço ou donos de lojas ainda não perceberam esta nova realidade e continuam a menosprezar o cliente, esquecendo-se do mais assertivo e famoso ditado do comerciante: "O cliente tem sempre razão. Afinal, é ele que sustenta seu negócio". Você sabia, por exemplo, que todo estabelecimento deve ter obrigatoriamente à disposição dos clientes o Código de Defesa do Consumidor? Qualquer problema que você tenha em uma loja, não deixe de pedi-lo ao vendedor. É o primeiro passo para você sair ganhando na negociação. Não deixe de exigir seus direitos.  No Dia Internacional do Consumidor, vale lembrar que todo consumidor merece ser bem atendido e receber, fielmente, por aquilo que pagou.


Fonte: http://noticias.r7.com/blogs/marcos-pereira/

Gringos brilham e Palmeiras vence a Ponte no Pacaembu

Eguren e Mendieta deixaram suas marcas na difícil vitória por 3 a 2

O Palmeiras suou a camisa, mas conseguiu importante vitória sobre a Ponte Preta neste sábado (15), no Pacaembu, que o credencia a terminar a fase classificatória do Campeonato Paulista como o melhor time da competição. O trunfo por 3 a 2 teve importante participação de dois gringos do elenco: Mendieta e Eguren.

O primeiro marcou o gol que definiu o resultado, já nos acréscimos da partida, enquanto Eguren abriu o marcador mostrando oportunismo após chute de Bruno César. O ex-corintiano, aliás, foi o destaque do Verdão no jogo, cavando o pênalti que resultou no segundo gol do Verdão, marcado por Alan Kardec.


Dia Nacional do Consumidor - 15 de março

08 março 2014

Feliz Dia Internacional da Mulher

Pescado será estrela brasileira na Expo Milão 2015


imagem 35peq

imagem 36peq
imagem 37peq 
 

Uma exposição de negócios, cultura, tecnologia e entretenimento, realizada a cada cinco anos em importantes cidades do planeta, desde 1851, que já apresentou ao mundo maravilhas como a Torre Eiffel, em Paris, ou inovações como o telefone e o fogão a gás, é o cenário escolhido para o Brasil mostrar as suas extraordinárias potencialidades para produzir e exportar pescado de qualidade

No próximo ano, a exposição será em Milão, cidade que possui a região metropolitana mais populosa da Itália. A Expo Milão 2015 ocorrerá entre os meses de maio e outubro. Nesses seis meses deverá atrair 20 milhões de visitantes, público que apenas perde, em popularidade, para a Copa do Mundo e as Olimpíadas.

“Esta será uma grande oportunidade para o mundo conhecer a diversidade de espécies, de sabor e de preparos culinários do nosso pescado”, disse o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, na manhã desta quarta-feira (12), em Brasília, na abertura do encontro com empresários do setor interessados em participar da exposição. Realizado no auditório do MPA, o encontro preparatório foi prestigiado por representantes de órgãos públicos, autoridades e representantes de países como Itália, Rússia, França e Japão. Paralelamente, no saguão do ministério, foi realizada uma exposição de produtos de pescado brasileiros.

O ministro, que tem descendência italiana, ressaltou que a Expo Milão fortalecerá as parcerias históricas entre o Brasil e a Itália.

Segundo o secretário executivo do MPA, Átila Maia da Rocha, que organiza a participação do pescado brasileiro na Expo Milão 2015, o Brasil optou por se tornar um grande produtor de peixes, moluscos e crustáceos. Nessa trajetória, criou inicialmente uma secretaria de pesca e depois o ministério. “O fortalecimento das exportações de pescado faz parte dessa trajetória”, explicou. A previsão é de que pelo menos 50 empresas brasileiras do setor marquem presença na exposição italiana.

 

Agronegócio

Com a participação confirmada de 142 países e organizações internacionais, a Expo Milão 2015 mostra-se favorável a países produtores de alimentos como o Brasil. Afinal, o slogan escolhido para inspirar a ocasião é “Nutrir o Planeta, energia para a vida”.

De acordo com Fabio Resende, da Secretaria de Comércio Exterior (SECEX), as oportunidades de negócio para o pescado nacional são significativas. “O pescado representa 11% das exportações do agronegócio mundial e movimenta aproximadamente 1% do comércio global”, afirma. Para ele, o Brasil precisa participar mais ativamente desse grande mercado, já que tem um potencial “fantástico” para a produção de peixe.

Segundo Mônica Zerbinato, vice-presidente da comissão interministerial que organiza a participação brasileira na Expo Milão 2015, o pavilhão do País, com 4.133 m2, será um dos maiores do evento e terá uma localização privilegiada, próxima à entrada principal da exposição. O tema brasileiro será “Alimentando o mundo com soluções”. Zerbinato diz que o setor pesqueiro nacional pode aproveitar a ocasião para trabalhar a sua imagem e para movimentar negócios. Para alcançar esses objetivos existe o apoio do governo federal na área de exportações e do próprio MPA. Ela adianta que, no próximo dia 17 de fevereiro, será anunciada a empresa de arquitetura vencedora da concorrência para o projeto do pavilhão brasileiro.

Um dos empresários interessados em comparecer à Expo Milão 2015 é Marcelo Wippel, diretor-comercial da Marithimu’s Frutos do Mar, de Gavurá, Santa Catarina. A empresa é especializada em ostras, mexilhões, truta e salmão defumados em conserva. “Hoje produzimos 10 mil unidades por mês, o que representa apenas 30% de nossa capacidade, e por isso desejamos exportar, em especial para a Europa”, diz Wippel.

 

Empreendimentos conjuntos

O adido comercial da embaixada italiana em Brasilia, Cristiano Musillo, defendeu a transferência de tecnologia pesqueira de seu País para o Brasil, bem como investimentos brasileiros na Itália. Ele vê a possibilidade do estabelecimento de empreendimentos conjuntos (“Joint Ventures”) e parcerias industriais entre os dois países. As oportunidades de negócio poderão ocorrer na Expo Milão – que terá um milhão de m2 de área e 60 pavilhões – e na Slow Fish, que será realizada em maio de 2015, na cidade italiana de Gênova.

Para Maria Fernanda Nince Ferreira, secretária de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura do MPA, a Expo Milão 2015 será “uma vitrine mundial para as políticas públicas e os produtos da aquicultura brasileira”. Da parte do País, o “espírito” de entendimento e negociação também estará presente: “"Queremos aproveitar esta oportunidade para trocar experiências técnicas e estabelecer cooperações com a Itália e outros países que, assim como o Brasil, estão adquirindo alta expertise no cultivo de pescado", diz Maria Fernanda.

Atualmente o Brasil aproveita pouco mais de 10% do potencial pesqueiro estimado pela FAO para o País, de 20 milhões de toneladas anuais. Conforme essa organização, o mundo precisará de mais 50 milhões de toneladas até 2025, e o Brasil poderá dar uma importante contribuição para o atendimento dessa demanda. O pescado será produzido em grandes reservatórios públicos, no litoral e em propriedades rurais.

Prestigiou o encontro dos empresários brasileiros do setor de pescados, interessados em participar da Expo Milão 2015, diversos deputados e senadores, bem como autoridades como Abraão Linconl, presidente da Confederação Nacional dos Pescadores e Aquicultores; Giovani Monteiro, presidente do Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região (SINDIPI); Armando Burle, presidente do Conselho Nacional de Pesca e Aquicultura (Conepe); e Vinicius Estrela, coordenador de imagem e acesso a mercados da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX-Brasil). Entre os representantes internacionais, compareceram Satoshi Murosawa, da Agência de Cooperação Internacional do Japão; Kentaro Morita, secretário para assuntos agrícolas da Embaixada do Japão; Ivan Saytukhov, adido comercial adjunto da Rússia; e Myléne Testut-Neves, conselheira para assuntos agropecuários da Embaixada da França.